Interligamos escritórios ou colaboradores externos em rede. 


O uso da Rede Virtual Privada (Virtual Private Network) representa uma alternativa interessante na racionalização dos custos de redes corporativas oferecendo segurança e integridade no transporte de informações entre redes.

A VPN é uma alternativa para implementação entre redes corporativas.

Consiste em túneis encriptados entre pontos autorizados (criados por meio da Internet ou outras redes privadas para transferência de informações, de modo seguro), redes corporativas ou utilizadores remotos.

Uma grande vantagem no uso da VPN é a redução de custos com links dedicados de longa distância, que neste caso são substituídos pela Internet. 

No entanto, por ser tipicamente estabelecida por um meio da internet, a VPN apresenta uma forte exigência relacionada à segurança, de forma a não permitir que os dados privados possam ser interceptados ou modificados.

Uma VPN bem planeada pode fornecer muitos benefícios para uma organização.


Benefícios:

·         Conectividade geográfica

·         Aumenta segurança dos dados

·         Reduz custos de acesso WAN tradicionais

·         Elimina a necessidade de contratação de linhas dedicadas

·         Simplifica a topologia da rede em certos cenários

·         Fornece compatibilidade de rede

·         Facilmente escalável


Uma VPN deve fornecer um conjunto de funções que garantam alguns princípios básicos para o tráfego das informações:


Confidencialidade - Tendo em vista que estarão sendo usados meios públicos de comunicação, é imprescindível que a privacidade da informação seja garantida, de forma que, mesmo que os dados sejam capturados, não possam ser entendidos;


Integridade - Na eventualidade da informação ser capturada, é necessário garantir que não seja alterada e reencaminhada, permitindo que somente informações válidas sejam recebidas;


Autenticidade - Somente os utilizadores/equipamentos devidamente autorizados podem trocar informações entre si, ou seja, um elemento da VPN somente reconhecerá informações originadas por um segundo elemento que tenha autorização para fazer parte dela.